quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Manutenção de áreas ajardinadas - Dicas


1.       O bom jardineiro deve estar sempre atento às ervas daninhas. Elas podem ser retiradas de maneira mecânica, com a mão ou com pequena ferramentas apropriadas como sacho ou firmino.

2.       A terra precisa ser adubada de três a quatro vezes por ano. Cada planta exige um tipo de adubação, podendo ser química ou orgânica. O qual tem infinidades de formulas e inúmeras formas de aplicação. Por estes motivos sempre procure orientações de profissionais para não errar e pagar caro por isso.

3.       Referente ao uso de pesticidas e venenos específicos para jardinagem e seus males. Deve-se, ser analisado com muita cautela, para não danificar plantas, contaminar aguas fluviais, poços artesianos ou ate mesmo, os moradores, crianças e seus animais de estimação. Se tiver duvidas não faça, ou contrate um profissional, de preferencia arquiteto paisagista, que tenha alguns anos de experiência, no mercado.

4.       O processo da poda também exige cuidados e conhecimento técnico, já que uma poda errada  pode levar a planta à morte. E em muitos casos, é necessário u uso de EPI . Sempre contrate uma empresa com jardineiros experientes. Em muitos casos, tem plantas que não permitem a poda, ocasionando, a falta de floração, uma aparência desagradável, como atrofia contaminação por cupins, insetos e perda da espécie. Já plantas adequadas para a topiaria, como os buxinhos, murtas, fícus beijamina, podem ser podados com mais facilidade e sem riscos.

 5.       Cuidado ao acrescentar uma nova espécie de planta no jardim, principalmente se tratando de arvore. Nossa    recomendação é não usar arvores da família das figueiras. (ex. Fucus Beijamina dentre outros) Estas arvores, rompem asfalto, calçadas encanamentos e já destruiu muitas piscinas, por estarem muito próximas á elas. Inclusive, a planta conhecida como unha de gato, é da família das figueiras. E se não for constantemente podadas, também vai causar muitos problemas. Lembre-se que as plantas não crescem só para cima, mas também para baixo e para os lados. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário